Para quem é esse mestrado?

O Programa de Mestrado em Psicologia – Psicossomática é voltado para a formação de pesquisadores da área, de forma a construir discentes com competência para atender à demanda do ensino superior e desenvolver a pesquisa científica no campo da psicossomática.

Por meio de pesquisas, o pesquisador da psicologia busca de conhecimentos que podem levar à reflexão e ampliação para a construção do conhecimento acerca dos vários determinantes biopsicossociais na área da psicologia – psicossomática. Para alcançar esses objetivos, o corpo docente oferece uma série de disciplinas obrigatórias e optativas, associadas às linhas e aos projetos de pesquisa, que contribuem para o embasamento teórico em Psicossomática, com enfoque primordialmente interdisciplinar.

Para fomentar o estímulo do desenvolvimento de habilidades científicas, às atividades acadêmicas estão centradas no treino e capacitação do aluno para realizar revisões bibliográficas, apresentar trabalhos, estabelecer relações complexas entre os fenômenos por meio da leitura crítica; apresentação de artigos relacionados a seu tema de pesquisa e demais atividades acadêmico-científicas.

No curso pretende-se ainda que o pesquisador que ingressa no mestrado possa:

  • Compreender os desenvolvimentos psicossociais e históricos, e respectivas implicações para as teorias e conceitos e como atualmente se configuram;
  • Conhecer os fundamentos teóricos que dão sustentação ao estudo sobre o surgimento do corpo erógeno, dos sintomas, das doenças e das manifestações psicossomáticas;
  • Compreender as relações entre a saúde e o adoecimento no âmbito profissional e as possibilidades de atuação preventiva;
  • Contextualizar as características da atenção básica em saúde que abrange a promoção e a proteção da saúde, a prevenção de agravos, o diagnóstico, o tratamento, a reabilitação, a redução de danos e a manutenção da saúde, a fim de instrumentalizar-se para a produção científica;
  • Reconhecer e avaliar criticamente as principais abordagens e discutir as questões sobre os fenômenos psicossomáticos, visando ampliar seu repertório conceitual e compreender diferenças entre as teorias;
  • Entender as bases neurais do comportamento em suas dimensões biológicas, evolutivas, cognitivas e sociais; os aspectos neurobiológicos do desenvolvimento em suas diferentes fases;
  • Identificar bases neurobiológicas das respostas ao estresse e sua relação com os transtornos mentais relacionados ao estresse os mecanismos que o organismo utiliza para lidar com estresse e intervenções passíveis de serem utilizadas beneficamente nesse processo;
  • Fornecer noções de psicopatologia e da classificação dos principais transtornos mentais, as classes de drogas utilizadas na terapia clínica dos transtornos mentais bem como seu modo de ação, as indicações terapêuticas e terapias alternativas;
  • Ampliar o entendimento sobre processos biológicos e patológicos do envelhecimento; estudar as alterações relacionadas à senescência nos diversos sistemas do organismo, incluindo patologias mais frequentes e fatores de predisposição;
  • Utilizar adequadamente ferramentas de manipulação e análise de dados para correta exposição e interpretação de resultados obtidos;
  • Caracterizar as diferenças entre a Ética, a Moral e o Direito; os diferentes modelos explicativos utilizados na Ética em Pesquisa; os conflitos e dilemas morais envolvidos na área da saúde, conhecer legislações nacionais e internacionais de regulação em pesquisa.
  • Desenvolver o domínio e aprofundamento de um tema; estabelecer conexões conceituais entre teoria e prática; organizar e expor as ideias com rigor, objetividade e espírito crítico; a habilidade para mediar debates e discussões;
  • Planejar e propor uma disciplina no magistério superior; desenvolver conteúdo, plano de aula, método de ensino, formas de avaliação e bibliografia. Neste campo específico o programa oferece uma disciplina obrigatória: Metodologia no ensino superior e há grande incentivo para o aluno realizar o estágio docente.

A diversidade na formação prévia dos alunos contribui para objetivos tão amplos, pois as atividades práticas em sala de aula os colocam em contato com conteúdo e temas diferentes, cuja reunião são os princípios teóricos, metodológicos e éticos que regem o conhecimento e a pesquisa científica. Por este motivo, a diversidade de temas, conteúdos e abordagens das disciplinas oferecidas e das pesquisas desenvolvidas se torna um fator facilitador no manejo dos conteúdos, conceitos e práticas da pesquisa científica.

A diversidade de disciplinas, por sua vez, propicia ao discentes o conhecimento necessário para elaborar o raciocínio científico em suas diferentes dimensões: clínico, psicológico, social, experimental, metodológico, bioquímico, patológico, psicofarmacológico, saúde pública e coletiva. A diversidade de disciplinas, por sua vez, propicia ao discentes o conhecimento necessário para elaborar o raciocínio científico em suas diferentes dimensões: clínico, psicológico, social, experimental, metodológico, bioquímico, patológico, psicofarmacológico, saúde pública e coletiva.

Linhas de Pesquisa

Estudar o desenvolvimento humano como processo contínuo frente às mudanças fisiológicas, psicológicas e sociais que ocorrem desde o nascimento, abrangendo todas as etapas do desenvolvimento (perinatal, infância, adolescência, adulto e senescência); estudar os problemas na saúde, cognição, desempenho e convívio social que resultam do desequilíbrio desse processo; estudar os processos psicossomáticos a partir de uma abordagem multidimensional que considere diferentes ângulos da ocorrência psicossomática; analisar os mecanismos dos processos psicossomáticos associados ao desenvolvimento humano em modelos biológicos e translacionais; estudar estratégias de prevenção e promoção da saúde para um desenvolvimento saudável.

Estudar os diferentes fatores estressores que podem resultar em maior vulnerabilidade a doenças (em especial aquelas de caráter psicossomático), prejuízos cognitivos e transtornos comportamentais; estudar os efeitos do estresse do ponto de vista biológico, psicológico e social; compreender os mecanismos dos processos psicossomáticos associados ao estresse em modelos biológicos e translacionais; estudar estratégias interdisciplinares para amenizar os efeitos dos estressores laborais e aumentar a resiliência (com o emprego de estratégias adaptativas de combate ao estresse) com o intuito de promover uma maior qualidade de vida.

Por que fazer um Mestrado?

Ser Mestre pode gerar impactos diretos e positivos em sua vida pessoal, acadêmica e profissional.

Além de aprofundar verticalmente seu conhecimento por meio da pesquisa em um tema de seu interesse, pode garantir o ingresso para professores em Instituições de Ensino Superior, pois a maioria das faculdades e universidades exigem o título para a contratação de docentes.

Potencialize seu sucesso, aperfeiçoe seus conhecimentos e contribua com sua área de pesquisa.

DIFERENCIAIS

Recomendado pela CAPES – Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, o Programa de Mestrado em Psicologia é uma ótima opção para o profissional expandir os próprios conhecimentos, abrindo portas para um universo de novidades e informações com respaldo científico.

A Universidade Ibirapuera é uma instituição de ensino de São Paulo (SP) com 50 anos de história. Oferecemos aos nossos alunos uma infraestrutura laboratorial moderna e completa para a formação teórica e prática, Clínicas-Escolas com atendimento gratuito à comunidade e 80% do corpo docente composto por mestres e doutores. A qualidade de ensino é comprovada pela avaliação 4 (de 5) no MEC.

 

O corpo docente se integra no desenvolvimento de pesquisa técnica e acadêmica interdisciplinar na área de Psicologia, promovendo disciplinas que se alinham ao escopo previsto para o curso. A formação multidisciplinar dos professores é observada na área de concentração que se reflete nas linhas de pesquisa do Programa e na definição dos projetos-eixos de pesquisa.

PROCESSO
DE SELEÇÃO DOCENTES

O Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Psicologia, área de concentração Psicossomática da UNIB torna pública a abertura de inscrições para Processo Seletivo, com o objetivo de selecionar 3 (três) docentes com título de Doutor, para possível contratação: um docente para a linha de pesquisa Estresse ocupacional e dois docentes para a linha de pesquisa Psicossomática e desenvolvimento. A Banca Examinadora será composta pela Coordenadora do Programa (Presidente) e, no mínimo mais dois professores permanentes.

As inscrições devem ser realizadas por e-mail para mestrado.psicologia@ibirapuera.edu.br,
com Assunto “Seleção Programa de Psicologia – UNIB”.

No e-mail deverá conter:
a)Breve apresentação do candidato;
b)Arquivo com currículo lattes e seu endereço eletrônico;
c)Ficha de inscrição disponível na página do Programa na internet;
d)Plano de trabalho (projeto de pesquisa): Com até 10 (dez) páginas; objetivos de pesquisa; breve referencial teórico; metodologia; recursos necessários; resultados esperados, cronograma; referências.

Os candidatos serão avaliados com base nos critérios elencados nos requisitos para as vagas. Os candidatos deverão encaminhar os documentos requisitados até 08 de junho de 2021 até 22h00 (horário de Brasília). Nos casos em que o candidato não apresentar todos os documentos solicitados, sua inscrição será anulada.

O resultado da primeira etapa será comunicado por e-mail até 11/06/2021. Os candidatos aprovados para a segunda etapa serão convocados também por e-mail, para a entrevista que acontecerá no dia 14/06/2021.

O edital do Processo de Seleção de Docentes do Mestrado em Psicologia pode ser conferido abaixo: 

EDITAL 1 2021

PROCESSO
DE SELEÇÃO ALUNOS

Documentos para seleção

Além do recibo de pagamento da taxa de inscrição, os candidatos precisam entregar uma carta de intenção, a ficha de inscrição preenchida e o link do Currículo Lattes para o e-mail inscricao.strictosensu@ibirapuera.edu.br. 

ATENÇÃO!

Todos os alunos do sistema de Pós-Graduação do País devem possuir o Currículo Lattes. Para preenchê-lo, o candidato deve acessar a página do CNPq (www.cnpq.br) e seguir as orientações encontradas na Plataforma Lattes. Não serão aceitos outros modelos de currículo.25 d

A seleção de candidatos para ingresso no Programa de Mestrado em Psicologia é realizada mediante entrevista agendada via Google Meet, nos dias 09 e 10 de fevereiro de 2021, consistindo na análise da Carta de Intenção e do Currículo Lattes.  

ATENÇÃO!

Na análise do Currículo Lattes será considerada a formação acadêmica, a experiência profissional e as publicações do candidato, reservando-se a comissão de Processo Seletivo – CPS o direito de exigir as devidas comprovações.

  • As matrículas dos candidatos aprovados serão realizadas entre os dias 12 e 22 de fevereiro de 2021, pela internet através do Portal Universitário, onde também os documentos devem ser indexados. 

Documentos para a matrícula 

  • Requerimento de matrícula preenchido; 
  • Fotocópia da Certidão de Nascimento ou Casamento; 
  • Fotocópia da prova de quitação do serviço militar (quando for o caso); 
  • Fotocópia do Título do Eleitor atualizado e comprovante da última votação;
  • Fotocópia do CPF e Identidade (mesma face); 
  • Comprovante de Residência;
  • Fotocópia autenticada de Declaração ou Certificado de Conclusão de Curso; 
  • Fotocópia simples do histórico escolar

Faça sua Inscrição